Ellen Gracie participa da assinatura da ordem de serviço da nova sede do TJ

A ministra Ellen Gracie Northfleet, presidente do Supremo Tribunal Federal(STF), participou nesta segunda-feira (05/06), da solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção da nova sede do TJ, localizada na BR-364, no Centro Administrativo do Estado. A ministra estava acompanhada do ministro aposentado Ilmar Galvão e sua esposa, a procuradora Teka Lavocat Galvão, do seu chefe de gabinete, Ângelo Tabet e do juiz auxiliar do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Alexandre Azevedo. Ellen Gracie veio ao Acre a convite do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Samoel Evangelista e governador Jorge Viana. No escritório do canteiro de obras da futura sede do TJ, Ellen Gracie assinou como testemunha a autorização da obra, tocada pelo Governo do Estado em parceria com o TJ. O prédio terá 10 mil metros quadrados de área construída ao custo de R$ 10,5 milhões. Um consórcio de três empresas liderada pela Albuquerque Engenharia, de Rio Branco, é o responsável pela obra que deverá ser concluída em sete meses e será executada com recursos do Tesouro Estadual e do Tribunal de Justiça. Antes da assinatura da ordem de serviço, a ministra conheceu o projeto arquitetônico elaborado por um escritório contratado em Brasília, com acompanhamento de técnicos da Secretaria de Obras Públicas (Seop) e do TJ. Ao citar a participação do governo no projeto, o desembargador Samoel Evangelista o apresentou como “fundamental e decisivo” para que o TJ passasse a ter um endereço, uma sede própria. Segundo ele, pesquisa nacional acerca do desempenho do Judiciário mostra que o Acre está numa situação de grande avanço se comparado com a de outros Estados. Na questão dos investimentos operacionais, o Acre ocupa a segunda colocação em despesa com servidores. Estão sendo aplicados R$ 102,82 por habitante para proporcionar-lhe assistência judicial contra uma média nacional de R$ 68,62. A informatização está praticamente universializada no âmbito da Justiça acreana e no próximo mês haverá um computador para cada usuário. “Nada se consegue sozinho. O governador Jorge Viana e sua equipe contribuem de maneira decisiva para a história do TJ”, disse Evangelista. O presidente do TJ lembrou que quando assumiu a função reuniu-se com o governador e dele teve a palavra de que seriam feitos esforços para a construção da nova sede do Judiciário. “A Justiça merece e precisa de ter sua sede”, disse o desembargador, esclarecendo que além de necessária pelo ponto de vista administrativo, a nova sede permitirá agregar vários órgãos que hoje se espalham por mais de vinte prédios alugados em Rio Branco, reduzindo consideravelmente a despesa com aluguel. A placa que simbolizou a pedra fundamental foi descerrada pelas autoridades, dando início à obra que permitirá o melhor funcionamento do TJ. A ministra também fez uma visita ao Palácio Rio Branco onde foi recebida para almoço e conheceu aspectos da cultura e da história do Acre. O governador Jorge Viana lhe mostrou todos os espaços do Palácio, que tem um museu de história e cultura do Acre desde a sua formação até os dias atuais, no andar térreo. No Palácio, Ellen Gracie admirou-se de um quadro pintado pelo artista plástico Valmir, ex-gari que conseguiu divulgar sua obra com apoio de Viana ainda na época em que era prefeito de Rio Branco.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 06/06/2006