Educação participa da campanha do desarmamento

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Samoel Martins Evangelista participou ontem na Assembléia Legislativa de uma audiência pública sobre “Cultura de paz contra a violência” . O evento, organizado pela deputada estadual Naluh Gouveia (PT), contou com a participação de deputados estaduais e representantes das Secretarias Estaduais de Segurança Pública e Educação, universidades, escolas públicas e privadas, além de diretores, professores e alunos envolvidos no tema. Durante a reunião o desembargador Samoel Evangelista, apresentou dados estatísticos da violência no Estado e os índices de homicídios praticados com armas de fogo no país e no Acre. Segundo os dados, 154 pessoas foram vítimas de homicídios no Estado do Acre, sendo que deste número 71 foram mortas por arma de fogo. Bebedeiras, rixas e latrocínios foram as principais causas das mortes. No país, morrem a cada dia, 104 pessoas vítimas de arma de fogo o que, segundo Samoel, demonstra a importância da campanha do desarmamento no país.”Os dados mostram que os jovens são as maiores vítimas a ponto de constatarmos que a população tem 3,2 vezes mais chances de morrer por arma do que por AIDS no país”, disse. Durante a reunião, dirigentes da área de ensino do Estado decidiram apoiar e trabalhar a campanha pelo desarmamento com palestras nas escolas e universidades, além da apresentação da lei de 2003 que proíbe o porte de arma, elaboração de aula para um dia dedicado ao tema e promoção de redação, música e jogos nas instituições de ensino dentro da campanha do desarmamento. “Estes Trabalhos visam a conscientização das crianças e, conseqüentemente, dos pais e familiares sobre o problema”, disse Naluh Gouveia. Fonte: Assessoria de Imprensa do TJAC

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 24/08/2005