Desembargador Roberto Barros visita comarcas de Brasileia e Epitaciolândia

O presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargador Roberto Barros, visitou nessa terça-feira (6) as Comarcas de Brasileia e Epitaciolândia – distantes cerca de 200 km da Capital acreana.

Ele esteve acompanhado do juiz-auxiliar da presidência, Cloves Ferreira, de Caruline Simão, à frente da Diretoria da Regional do Vale do Alto Acre (Drvac) e do gerente de bens e materiais do Tribunal, Ronaldo Pereira.

Na Comarca de Brasileia, ele foi recebido pelos juízes de Direito Gustavo Sirena e Clóvis Lodi, titulares das Varas Cível e Criminal, respectivamente. Após diálogo inicial com os magistrados, o presidente convidou também para a reunião os servidores (diretores de secretaria, assessores etc).

“Estamos aqui para demonstrar o nosso apoio institucional e dizer a vocês que podem contar conosco, pois o nosso objetivo é contribuir para melhorar a produtividade e qualidade dos nossos serviços aos cidadãos que vêm ao encontro do Judiciário”, ressaltou Roberto Barros.

O desembargador aproveitou a ocasião para anunciar investimentos que têm sido realizados pela atual gestão, inclusive a convocação de 102 novos servidores, alguns dos quais irão atuar na Comarca de Brasileia.

“Esperamos o empenho dos senhores para que o nosso trabalho seja ainda mais eficiente. Recebam bem os novos servidores, ajudem e vamos, juntos, buscar resultados ainda melhores”, completou ele.

O desembargador ouviu as sugestões, reclamações e necessidades de cada juiz e servidor presentes à reunião. Foram discutidas melhorias não apenas na infraestrutura da unidade judiciária, mas em outras áreas que estejam diretamente ligadas à atividade fim, que é oferecer justiça às pessoas.

Epitaciolândia

Em Epitaciolândia, o presidente do Tribunal foi recepcionado pela juíza de Direito Joelma Nogueira, atual titular da Vara Única da Comarca.

Ele também se reuniu com os servidores e a magistrada, como forma de conhecer o dia-a-dia e a realidade daqueles que são responsáveis pela execução dos serviços na unidade judiciária.

Roberto Barros falou a respeito da Reforma Administrativa e do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), implementados pela atual gestão do Tribunal.

O desembargador também ouviu as demandas dos servidores e garantiu que aquelas consideradas prioritárias serão atendidas.

Também anunciou que serão destinados equipamentos e mobiliário, bem como uma possível reforma no prédio que abriga a Comarca.

Em ambas as comarcas, Caruline Simão e Ronaldo Pereira anotaram todas as reclamações e os pedidos, bem como destacaram que como será feito um melhor acompanhamento e maior controle das necessidades das unidades judiciárias – obtidos principalmente com as visitas que serão sistematicamente realizadas -, será possível atendê-las de um modo mais eficaz.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 19/12/2014