Corregedoria-Geral da Justiça discute sobre certidões de nascimento expedidas na Maternidade Bárbara Heliodora

Unidade tem número insuficientes de atendentes diante de alta demanda. 

O corregedor-geral da Justiça, desembargador Júnior Alberto, reuniu delegatários para tratar sobre o serviço oferecido na unidade interligada da Maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco, referente à certidão de nascimento. A reunião ocorreu neste mês de julho, no gabinete da Corregedoria-Geral da Justiça (COGER), situado no prédio-sede da Administração do Poder Judiciário Acreano.

A alta demanda na unidade hospitalar, casada com o número insuficiente de atendentes para a prestação de serviço, levou o corregedor-geral a iniciar tratativas para aumentar a quantidade de servidores no local para que as crianças possam sair registradas.

“Como a unidade fica nas dependências do prédio de responsabilidade do Governo do Estado, de competência da Secretaria de Saúde (Sesacre), vamos verificar a possibilidade de remanejamento de servidor para executar esse tipo de atividade na maternidade, mas isso será avaliado pelos responsáveis da Sesacre”, disse o corregedor-geral, desembargador Júnior Alberto.

Além da equipe da COGER e delegatários, participou da reunião o juiz da Vara de Registros Públicos, Órfãos e Sucessões da Comarca de Rio Branco, Edinaldo Muniz.

Postado em: COGER, Galeria, Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 13/08/2020