Corregedor nacional de Justiça explica ações do CNJ no Boletim TJ Acre

Ministro Humberto Martins coordena inspeção que acontece essa semana no TJAC

O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins (STJ/CNJ), foi o entrevistado desta quarta-feira, 12, no Boletim TJ Acre.

O magistrado, que veio ao Estado para a abertura dos trabalhos de inspeção no Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), falou, entre outros assuntos, sobre celeridade processual, garantia de direitos, os desafios do Poder Judiciário no Século XXI e a Agenda 2030 das Nações Unidas, que estabelece objetivos de desenvolvimento sustentável e metas a serem alcançadas pelos países membros nos campos econômico e socioambiental. 

Durante a entrevista, que também está disponível no Instagram do TJAC (@tjacoficial), o ministro Humberto Martins falou ainda sobre a importância do trabalho da Justiça para o país. Ele ressaltou que os cidadãos merecem receber todos os esclarecimentos com relação a atuação do Poder Judiciário, sendo, portanto, de fundamental importância iniciativas que busquem estabelecer e manter a comunicação entre a Justiça e a população.

“O cidadão merece receber todos os esclarecimentos com relação à atuação do Poder Judiciário. Nós estamos realizando audiência pública para ouvir do cidadão o que ele acha, o que pensa sobre o Judiciário do Acre. Como ele está sendo tratado, desde a distribuição dos processos, quando tem mutirão, com relação ao tempo de duração do processo, à conciliação, como funciona o Tribunal no tocante aos seus servidores. Seria um retrato que nós temos que ter da sociedade do Acre com relação ao que ela pensa, o que ela sente, o que ela quer do Poder Judiciário”, disse.

O corregedor nacional de Justiça também destacou que, mesmo findada a inspeção no TJAC, o órgão continuará à disposição do Acre, das instituições do Estado e de sua população, bem como da imprensa “independente e livre”.

“Temos juízes preparados, mas também sensíveis e com a coragem cívica para saber enfrentar todas as demandas, mas dentro da Lei e da Constituição. Juízes humanos, mas, sobretudo, corretos, determinados e competentes”, salientou. 

A entrevista contou ainda com a participação  do presidente do TJAC, desembargador Francisco Djalma, que enfatizou o compromisso do Poder Judiciário Acreano com a população. “Como o ministro Humberto bem disse, o Tribunal de Justiça está de portas abertas para receber o jurisdicionado e suas reclamações. Essa inspeção deverá durar três ou quatro dias, mas de qualquer maneira (os cidadãos) podem procurar a presidência do TJ, a Corregedoria, que nós estamos preparados para atendê-los e dar a solução adequada ao caso”, disse.

O Boletim TJ Acre é uma realização do TJAC, em parceria com o Sistema Público de Comunicação. O programa vai ao ar de segunda a sexta, ao meio dia, pela Rádio Aldeia (96.9 FM).

Para acompanhar em tempo real, sintonize ou acesse: www.aldeiafm.ac.gov.br.

Escute a entrevista.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:, , ,

Fonte: Atualizado em 13/02/2020