Conservatório Musical do Juruá faz a diferença na vida de crianças e adolescentes carentes

Iniciativa concorre para o cumprimento da missão institucional do Tribunal de Justiça Acreano, de promover o bem de toda sociedade.

Fazer a diferença na vida de crianças e adolescentes carentes é um desafio que o Judiciário Acreano tem superado com o Conservatório Musical do Juruá, localizado em Cruzeiro do Sul, distante cerca de 635 km da Capital. O espaço atende 300 pessoas, sendo que a maior parte dos recursos necessários para a reforma da edificação, e aquisição de instrumentos musicais, foi oriunda de prestações pecuniárias destinadas pela Justiça Estadual.

Os encontros acontecem todas as semanas, inclusive nesta sexta-feira (12), os aprendizes participaram do ensaio do Coral e do CineMusic. A idade varia de 7 a 17 anos e, no estabelecimento, eles aprendem formalmente música (técnica, teoria) e canto. Mas também instrumentos musicais, diversos, como piano e violinos.

O objetivo do trabalho é engrandecer o cenário cultural do Vale do Juruá, disponibilizando às crianças a possibilidade de contato com a música erudita, e levando à sociedade local o que há de mais sofisticado na produção musical – incluindo os clássicos universais, como Mozart, Beethoven, Chopin, Tchaikovsky, Bach, etc.

Ao mesmo tempo, o Judiciário Estadual concorre para o cumprimento de sua missão institucional, de promover o bem de toda sociedade.

O Conservatório

O Conservatório Musical do Juruá é fruto de uma parceria entre o 61º Batalhão de Infantaria de Selva, a Sociedade Eunice Weaver (Educandário de Cruzeiro do Sul), o Ministério Público do Estado do Acre e o Poder Judiciário. Foi inaugurado em outubro do ano passado e funciona em uma área ampla e arborizada, que estava completamente abandonada.

Curiosamente, antes o local era utilizado para consumo e tráfico de drogas, e o cometimento de outros delitos.

Homenagem à desembargadora-presidente

Quando esteve no Vale do Juruá, no cumprimento de agenda de trabalho, a desembargadora-presidente Denise Bonfim fez questão de conhecer de perto o trabalho.

Na ocasião, sob regência do maestro Alexandre Sérgio, sargento do 61º BIS, os pequenos tocaram “Aleluia (Hallelujah)”, na versão de Gabriela Rocha; “Pássaro de Fogo”, de Paula Fernandes (cantada em solo por Wiliane, tocada em violão por Nicole).

Mas o momento mais especial estava por vir, com uma surpresa preparada para homenagear a presidente do Tribunal. As crianças e adolescentes descobriram uma música que ela gostava e, sem que ninguém esperasse, começaram a entoar os acordes do tema de abertura da série Game of Thrones, composta por Ramin Djawadi, e premiada internacionalmente.

“Vocês estão de parabéns por este belo e tocante trabalho, que me emocionou. É algo que desperta a nossa sensibilidade, percepção e a alma. Gratificante ter esta experiência. Que estre projeto venha ser ampliado, e que vocês, tão jovens ainda, possam crescer na aprendizagem e prática desses talentos”, destacou a presidente do TJAC.

O promotor de Justiça Iverson Bueno ressaltou que o Conservatório “não existiria se não fosse a atuação do Poder Judiciário Acreano”.

Ao final da apresentação, as autoridades presentes conheceram o espaço, que já está sendo ampliado e revitalizado.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Publicado em 12/05/2017