Comitê para acompanhar internação de adolescentes em medidas socioeducativas é ampliado

Representantes de diversos órgãos públicos e do sistema de Justiça compõem grupo de trabalho para acompanhar a execução de internações de adolescentes e jovens durante quarentena

A Portaria Conjunta n°27/2020 ampliou o Comitê de Crise de Acompanhamento sobre Medidas para Enfrentamento da Emergência de Saúde Pública, instituído pelo Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF) e pela Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC).

Com a ampliação dos membros será possível aprimorar o trabalho para cumprimento das leis. O Comitê tem a finalidade de auxiliar e fiscalizar a execução para os casos de internação de adolescentes e jovens sujeitos a medidas socioeducativas, quando essas situações ocorrerem durante a pandemia do coronavírus.

Compõem o Comitê juízes de Direito, representantes do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), da Defensoria, da Ordem dos Advogados do Brasil, de órgãos públicos relacionados a área (Instituto Socioeducativo do Acre, ISE, e Instituto de Administração Penitenciária estadual, IAPEN, Secretária de Saúde), dos conselhos de Direitos da Criança e Adolescente e da Associação de Famílias de Adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas.

O comitê foi instituído por noventa dias e é presidido pela desembargadora Denise Bonfim, supervisora do GMF, e pela desembargadora Regina Ferrari, Coordenadora da Infância e da Juventude.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:, , ,

Fonte: Atualizado em 30/03/2020