Começa em agosto o Censo Nacional do Poder Judiciário

A pesquisa realizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com o objetivo de traçar o perfil dos servidores do Poder Judiciário será iniciada em agosto em todo o país. Servidores e magistrados vão responder a um questionário eletrônico, individual e sigiloso.

As informações serão ferramentas fundamentais para traçar o perfil socioeconômico do profissional da Justiça e definir políticas públicas e as áreas que mais necessitam de investimentos.

Em cada Tribunal o CNJ criou comissões para auxiliar a realização do Censo. Tais comissões serão responsáveis pelo acompanhamento da execução da pesquisa na primeira e na segunda instância, bem como pelo esclarecimento de dúvidas relacionadas ao questionário.

Campanha

Para estimular a participação no Censo também foi criada a campanha “Cinco minutos do seu dia fazem a diferença”.  A intenção é que os servidores e magistrados saibam que o preenchimento do questionário é rápido, fácil e fundamental para saber quem são e quantos são os servidores da Justiça no país. De acordo com o CNJ, o tempo estimado para o preenchimento do questionário do Censo é de 5 minutos.

Participam do Censo do Poder Judiciário os magistrados, servidores efetivos e os servidores requisitados de outros poderes para o Judiciário. Já os Servidores do Judiciário cedidos a órgãos do Poder Executivo e Legislativo, estagiários e profissionais terceirizados não poderão participar das pesquisas.

Os dados fornecidos serão mantidos em sigilo, de forma que não haverá a identificação dos participantes e os resultados serão divulgados genericamente.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 24/06/2015