Comarca de Mâncio Lima é interligada ao SAJ-5

O Tribunal de Justiça do Acre avança na consolidação de medida que garante maior celeridade e qualidade na prestação jurisdicional: a implantação do Sistema de Automação da Justiça (SAJ). Nesta sexta-feira (9), o Presidente e o Vice-Presidente do TJAC, desembargadores Pedro Ranzi e Adair Longuini, acompanhados do Corregedor Geral da Justiça, Desembargador Samoel Evangelista, Diretores, Assessores e servidores do Poder judiciário acreano,   interligou oficialmente a Comarca de Mâncio Lima ao SAJ, versão 5.
 

Por telefone, o Presidente do TJAC iniciou a contagem regressiva com a Juíza de Direito Substituta Evelyn Campos, que responde interinamente pela unidade judiciária, distante 710 quilômetros   da Capital do Estado,  Rio Branco. A referida   Comarca possui 1.827 processos em trâmite, incluindo a Comarca não-instalada de Rodrigues Alves.

Ao interligar a Comarca ao sistema, o Presidente do TJAC afirmou que se sentia a sensação do dever cumprido, pelo fato da sua gestão poder levar a modernidade e a tecnologia aos lugares mais distantes do Estado. "Estamos preparando a nossa instituição no que concerne à gestão, com vistas a prestar o melhor serviço possível ao nosso jurisdicionado", enfatizou Pedro Ranzi.

A Juíza Evelyn Campos disse que a Comarca recebia com muita alegria a novidade, que vai revolucionar os procedimentos jurídicos na unidade. "É com muita alegria que participamos deste momento. A gente sabe que isso significa um passo inevitável no caminho da modernidade", afirmou.

A partir de agora todas as Comarcas do Estado, à exceção de Assis Brasil, que já possui sistema de interligação por meio de antena V-SAT, já  foram informatizadas e automatizadas. O objetivo do Tribunal Acreano é tornar acessíveis as informações processuais nos portais da rede mundial de computadores (Internet), com andamento atualizado e conteúdo das decisões de todos os processos, respeitado o segredo de Justiça.
 

Implantação

Desde o do ano passado, a equipe da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) do TJAC tem se empenhado em instalar o SAJ-5 nas Comarcas do Estado. Somente no segundo semestre, o serviço foi estabelecido em Feijó e Tarauacá. No início de 2010 foi a vez da Comarca de Mâncio Lima ser interligada ao sistema. Além da instalação, a DTI também promoveu o treinamento dos servidores das unidades, com o objetivo de capacitá-los sobre os procedimentos para uso do novo sistema.

Três servidores da Comarca de Cruzeiro do Sul foram deslocados temporariamente para auxiliar os servidores da Comarca de Mâncio Lima na operacionalização da nova ferramenta.

O que é o SAJ

O SAJ é um sistema especialmente desenvolvido para a informatização dos Tribunais, Ministério Público e Procuradorias que, além de atender as necessidades particulares de cada instituição, permite a integração das entidades que promovem a Justiça.

Nesse sentido, o sistema imprime agilidade e facilidade no acesso às informações, possibilitando o compartilhamento de dados. Ele automatiza procedimentos ao mesmo tempo em que apresenta alternativas de trabalho e fornece ferramentas de alta produtividade ao usuário. O alto grau de adequabilidade das soluções permite ainda que estas sejam personalizadas e configuradas de acordo com as necessidades do TJAC.

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 12/04/2010