Comarca de Jordão realiza primeira audiência por videoconferência com réu preso

Avanço é fruto de trabalho integrado das equipes de Jordão e de Tarauacá, que articularam logística para que videoconferência pudesse ser realizada

A Comarca de Jordão, sede de um dos municípios mais isolados do Estado do Acre, realizou no último dia 19, a primeira audiência virtual com réu preso, por meio da plataforma Cisco Webex (CNJ).

Conduzido pelo juiz de Direito Guilherme Fraga, o ato judicial teve a finalidade de tomar o depoimento de réu acusado pelas supostas práticas de: crime de furto, por duas vezes; furto qualificado, por três vezes; além do delito de corrupção de menor. Também foram ouvidas as testemunhas no processo.

É de se ressaltar o fato de que essa foi a primeira vez que o procedimento ocorreu sem a necessidade da saída do acusado do sistema prisional, pois a mudança evita não somente possível contágio pela covid-19, mas também eventual tentativa de resgate, riscos à segurança da escolta, além de custos aos cofres públicos, como, por exemplo, com combustíveis para viaturas, diárias aos agentes responsáveis pelos deslocamentos dos presos, entre outros gastos.

“Essa ação demonstrou também a capacidade do Judiciário de se aproximar da sociedade através do uso de novas ferramentas tecnológicas, como o Cisco Webex, permitindo maior celeridade processual. Vale dizer que não houve dispêndio de recursos públicos. Essa adaptação à qual chegamos também em Jordão foi um esforço dos servidores da Comarca, juntamente com a equipe da Comarca de Tarauacá, que juntas viabilizaram a internet e os equipamentos. É certamente um marco que demonstra a necessidade de se investir em tecnologia nos municípios mais isolados do Estado”, comentou o juiz de Direito Guilherme Fraga.

A nova realidade na Comarca de Jordão, que tem como sede um dos municípios mais isolados do Acre, distante 450 Km (636 Km pela malha rodoviária) da Capital Rio Branco, terra de índios arredios, que registra um dos menores Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país, demonstra o compromisso do Poder Judiciário, em levar a Justiça e a pacificação social até mesmo aos rincões mais distantes e de difícil acesso do Brasil.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:, , ,

Fonte: Atualizado em 22/10/2020