Comarca de Cruzeiro do Sul ganhará Programa Qualidade de Vida e Projeto Bosque Florido quinta-feira (24)

Iniciativas têm o objetivo de cuidar da saúde e proporcionar o bem-estar de magistrados e servidores e avançar na conscientização ambiental no âmbito do Poder Judiciário Acreano.

Avançando nas demandas programadas para esta semana no Vale do Juruá, a presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargadora Cezarinete Angelim, conduzirá, na quinta-feira (24) a partir das 16h, na Cidade da Justiça, o lançamento do Programa Qualidade de Vida e a implantação do Projeto Bosque Florido, no âmbito da Comarca de Cruzeiro do Sul.

Participarão dos dois atos o diretor do Foro de Cruzeiro do Sul, juiz de Direito Hugo Torquato, e demais magistrados da Comarca, bem como diversas autoridades dos Poderes Executivo e Legislativo locais, estaduais e federais.

Qualidade de Vida

O Programa Qualidade de Vida, com o slogan “Cuidar e servir, de coração pra coração”, tem como objetivo cuidar da saúde e proporcionar o bem-estar de magistrados e servidores do Poder Judiciário Acreano. Na Capital, o programa foi lançado em abril deste ano, na sede do TJAC.

Bosque Florido

Com o slogan “Cuidando do meio ambiente, preservando o planeta”, o “Bosque Florido” é a primeira de uma série de ações que serão implementadas nestes dois anos de gestão, as quais visam promover a responsabilidade social e a economia de recursos e, não menos importante, o estabelecimento de metas de redução de consumo de energia, água, papel, telefonia e descartáveis.

O projeto Bosque Florido faz parte do programa “Natureza Viva” e foi iniciado no mês de abril deste ano com a plantação, na sede do TJAC, de 12 mudas da espécie Jacarandá-mimoso (cujo nome científico é jacaranda mimosaefolia, e originária da Argentina – América do Sul), que terão como mantenedores os próprios desembargadores que integram o Tribunal de Justiça Acreano.

Natureza Viva

O Programa “Natureza Viva” está alinhado não apenas com as recomendações do Conselho Nacional de Justiça (Resolução nº 201/2015), mas também à necessidade de conscientização ambiental e ao Planejamento Estratégico 2015-2020.

Postado em: Notícias | Tags:,

Fonte: Atualizado em 24/09/2015