Colégio de Presidentes homenageia Desembargador José Fernandes Filho

A Região das Alterosas em Minas Gerais inspirou o Desembargador Robério Nunes dos Anjos, do Tribunal de Justiça de Roraima, a prestar homenagem ao mineiro José Fernandes Filho – durante o 83º Encontro Nacional de Presidentes de Tribunais de Justiça do Brasil, ocorrido entre 20 e 22 de maio.

Membro da Comissão Executiva do Colégio, Robério dos Anjos proferiu discurso (veja) comovente, destacando a promissora carreira na magistratura do Desembargador Fernandes Filho, a qual considerou: “… exercida com apostolado, onde sua oração foi o trabalho e o seu lema, servir; escravo da lealdade, pregoeiro da amizade, escudeiro da coragem, sectário da verdade. Estas e outras tantas características de que somos testemunhas, são as pegadas que o tempo imprimiu, com justeza, no roteiro de sua existência”.

Ao agradecer a homenagem, José Fernandes Filho revelou-se surpreso com o ato – que não estava previsto na programação. Visivelmente emocionado, salientou que embora tenha assumido muitos cargos de liderança em sua trajetória jurídica, não se vê como líder, mas somente como servo.  “Sinto-me muito honrado e na vida só tenho orgulho de uma coisa: de sempre me dispor a servir, e servir bem. Sou apenas um servidor público convicto”, enfatizou, sendo aplaudido de pé pelos presentes.

Robério dos Anjos e o Desembargador Sérgio Resende, Presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, entregaram a Fernandes Filho – que é membro do Colégio Permanente de Presidentes -, uma placa com os dizeres:

“Ao eterno Presidente Desembargador José Fernandes Filho:

O reconhecimento, a homenagem e a gratidão do Colégio de Permanente de Presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil por seu extraordinário e incansável trabalho e pelo engrandecimento do Poder Judiciário do nosso País”.

Ao cumprimentar o homenageado, o Presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Desembargador Pedro Ranzi, ressaltou o prestígio de José Fernandes em todo o Brasil. “Esta mensagem é justa e oportuna, pelo carisma, respeito, lealdade, ética e competência que lhe são peculiares, dignos da admiração de todos quantos o conhecem em todo o País”, afirmou.

Carreira

Magistrado e professor universitário, natural de Bambuí-MG, nasceu em 31 de outubro de 1929. Bacharelou-se em Direito pela Faculdade Mineira de Direito da Universidade Católica de Minas Gerais. Pós-graduou-se em Direito Público pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais. Tem também especialização em Direito Administrativo, Tributário e Constitucional.

Exerceu o Magistério como Professor de Direito Administrativo da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais; Professor-Assistente de Direito Administrativo da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais e Regente da disciplina "Direito Comparado", da 2a série, da Seção de Direito Público, do Curso de Doutorado da Faculdade de Direito da Universidade de Minas Gerais. Foi Delegado do Tribunal de Contas da União, em Minas Gerais, e Secretário de Estado da Educação.

Na Magistratura, foi Juiz Suplente da Junta de Conciliação e Julgamento de São João Del Rei, do Tribunal Regional do Trabalho da 3a Região, Juiz Substituto do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, Juiz Efetivo do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais. Ocupou a vaga de Desembargador destinada à classe dos Advogados. Nessa condição, foi Vice-Presidente e Corregedor do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, Corregedor de Justiça, Vice-Presidente e Presidente do Poder Judiciário Mineiro.

Foi, ainda, Diretor da Escola Judicial "Desembargador Edésio Fernandes" e Presidente da Comissão Executiva do Colégio Permanente de Presidentes de Tribunais de Justiça, por 15 anos.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 26/05/2010