Cidadania e Justiça na Escola: alunos de escolas públicas conhecem o Tribunal de Justiça

O Tribunal de Justiça do Acre recebeu, nesta quarta-feira (17), alunos das escolas municipais Francisco de Paula Oiticica Filho e Álvaro Vieira da Rocha, localizadas nos bairros Bahia Nova e Conquista, na Capital. A visita faz parte do projeto Justiça e Cidadania na Escola, que visa conhecer in loco a estrutura e funcionamento do Judiciário.

Cerca de  100 alunos, acompanhados pelos juízes Maha Manasfi e Guilherme Fraga, tiveram a oportunidade de conhecer as Varas do Fórum Barão do Rio Branco, o Palácio da Justiça (Centro Cultural do TJAC) e as instalações do Tribunal de Justiça.

Além destas escolas, outras 12 instituições públicas terão a oportunidade de realizar visitas a unidades jurisdicionais de Rio Branco. Outra importante ação do projeto é a realização de visitas dos magistrados colaboradores às escolas, onde realizam palestras tendo como recurso pedagógico a Cartilha da Justiça em quadrinhos.

O projeto, destinado às crianças em idade escolar, está centrado na educação de nossos cidadãos, através de atividades extracurriculares voltadas para a promoção da cidadania mediante a difusão e conscientização de direitos, deveres e valores.

Durante a primeira etapa, foram realizadas reuniões entre as instituições parceiras e houve o lançamento com a presença de representantes das escolas envolvidas. Nesta terceira edição do projeto, a iniciativa visa beneficiar 1264 alunos da quinta série da rede pública de ensino.

Projeto

O Projeto Cidadania e Justiça na Escola, lançado em maio de 2012, tem como proposta principal promover uma formação complementar ao ensino, estabelecendo relações entre os conteúdos trabalhados nas escolas e as atividades do Judiciário. Com isso, a ação visa promover uma conscientização de crianças sobre a democracia, direitos e deveres, bem como sobre a estrutura e o papel do Poder Judiciário.

O projeto pretende ainda atuar na formação de crianças como agentes multiplicadores e proporcionar uma maior aproximação e interação entre o Judiciário e a sociedade, permitindo aos magistrados conhecer melhor a realidade social e do cotidiano escolar.

A ação é fruto de uma parceria entre o Tribunal de Justiça do Acre e a Escola Superior da Magistratura do Acre (Esmac), com o apoio da Associação Nacional de Magistrados (AMB), Associação de Magistrados do Acre (Asmac) e Secretaria Municipal de Educação (SEME).

Postado em: Notícias | Tags:, ,

Fonte: Atualizado em 15/10/2014