Centro Cultural do Tribunal de Justiça suspende atividades temporariamente para obras de reforma

O Tribunal de Justiça do Acre comunica a suspensão do atendimento ao público no Centro Cultural do Palácio da Justiça em razão das obras de manutenção das instalações do prédio.

Símbolo do Poder Judiciário Estadual, o Palácio da Justiça foi inaugurado em 30 de março de  1957 e funcionou como primeira sede do Tribunal Acreano até janeiro de 2002, quando foi tombado como Patrimônio Histórico e Cultural do Estado do Acre (Decreto Governamental n°6.289, de 10.10.2002).

Atualmente, os visitantes podem conhecer no local um pouco da história da Justiça do Estado do Acre através de uma visita ao Museu Histórico do Poder Judiciário, onde estão expostos documentos, objetos, móveis e até mesmo as vestimentas utilizadas pelos magistrados ou mesmo ler um bom livro na Biblioteca Jurídica Dr. Alberto Zaire, que dispõe de mais de 12 mil títulos.

Com mais esta revitalização, o Palácio da Justiça reforça o processo de conservação do centro histórico da capital acreana, garantindo à sociedade acesso fácil e gratuito aos bens culturais e jurídicos que compõem a história do Judiciário no Estado e a própria história do Acre.

A expectativa da Administração do TJAC é de que o atendimento ao público seja retomado até o próximo dia 20 de janeiro.

Serviços oferecidos:

O Palácio da Justiça dispõe de sala de exposições, destinada a receber mostras temáticas; plenário com 115 lugares para realização de sessões e eventos diversos; biblioteca com acervo de 12 mil títulos de especialidade jurídica; Museu Histórico do Poder Judiciário Acreano; jardim interno; praça externa; e cafeteria, que serve como ponto de encontro aos visitantes do Palácio.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 13/01/2015