Centro Cultural do TJAC: exposição internacional do pintor Aurélio Pacheco segue até 10 de agosto

O Centro Cultural do Tribunal de Justiça do Acre está recebendo a exposição internacional “El Mar de los Andes”, do pintor Aurélio Medina Pacheco (Moshó).

As telas do artista peruano poderão ser vistas até o dia 10 de agosto, no Palácio da Justiça, centro de Rio Branco.

Na última sexta-feira (25), o desembargador-presidente Roberto Barros e o cônsul geral do Peru, Félix Solís, conduziram a solenidade de abertura oficial da exposição. O desembargador aposentado Arquilau Melo também prestigiou o evento, além da desembargadora aposentada Izaura Maia, juízes, servidores e outras autoridades.

“Já estabelecemos relações institucionais com o Peru, inclusive por meio de convênios e congresso de cooperação jurídica. Mas precisamos nos aproximar ainda mais, pois temos muito o que aprender com o povo peruano, especialmente com a sua cultura tão rica”, disse Roberto Barros ao dar as boas vindas aos membros do País vizinho.

Roberto Barros foi homenageado com diploma e medalha, os quais destacam a contribuição à cultura e às relações institucionais entre os países.

A exposição faz parte das comemorações do 193º aniversário da independência do Peru, o qual tem o apoio do TJAC.

O cônsul geral Félix Solís disse que as pinturas correspondem não só às belezas da paisagem do Lago Titicaca, mas retratam “o instituto de sobrevivência de seus moradores”, que “resistem com bravura às intempéries da altitude no local”.

Já o pintor Aurélio Pacheco se disse agradecido pela oportunidade de mostrar o seu trabalho. “Viva o Peru, viva o Brasil e a arte que permite a união das instituições e dos povos”, completou.

O artista plástico Jorge Rivasplata também saudou o colega Pacheco, acrescentando ser difícil conseguir apoio e patrocínio para divulgação de obras dessa natureza.

Inspiração

A exposição é inspirada no Lago Titicaca – localizado na fronteira entre o Peru e a Bolívia -, cuja altitude é de 3.811m acima do nível do mar.

O Titicaca é considerado o lago navegável mais alto do mundo, sendo que em volume de água é considerado o maior lago da América do Sul.

Serviço

O Centro Cultural do TJAC tem desenvolvido diversas atividades e projetos culturais, os quais valorizam o talento de artistas locais  e até internacionais.

Palácio da Justiça – Centro Cultural do Tribunal de Justiça do Acre
Rua Benjamin Constant, 277. Centro. 69.908-520. Rio Branco.AC
(68) 3211.5560 – palaciodajustica@tjac.jus.br

Postado em: Notícias | Tags:, ,

Fonte: Atualizado em 14/10/2014