Casamento coletivo: mais de 400 casais habilitados

A coordenação do Projeto Cidadão informou que até domingo cerca de 400 casais haviam apresentado os documentos necessários para o casamento coletivo do dia 30 no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, na Expoacre. Segundo o desembargador Arquilau de Castro Melo, a procura pelo serviço tem crescido e somente no domingo 150 pessoas haviam feito o pedido. A meta é realizar mil casamentos. “Tivemos um problema de energia elétrica, mas acredito a nos outros dias teremos uma procura ainda maior, o que poderá superar as nossas expectativas que é oficializar mil casamentos”, detalhou. Para efetivar os matrimônios, uma equipe de voluntários foi destinada para o recinto de exposição, no estande do Projeto Cidade, com o objetivo de atender aos interessados para documentar a vida conjugal. “Temos uma equipe fazendo as inscrições para os casamentos, para a retirada da certidão de nascimento, para a identidade e para o CPF, tudo gratuitamente”, afirmou. Com o objetivo de incentivar a felicidade entre os casais, comerciantes de Rio Branco estarão sorteando celulares, aparelhos de DVD, perfumes, passagens de ônibus, jogo de panela e alianças. “Pela segunda vez, organizamos o Projeto Cidadão dentro do calendário da Expoacre e, também, contaremos com a ajuda de empresários que deverão sortear presentes de casamento”, confirmou. Outra novidade na Expoacre é a instalação dos Juizados Criminal e da Infância e da Juventude que já julgaram os primeiros casos de crimes flagrados dentro do evento. “O Juizado Criminal aplicou dez sentenças e o da Infância e da Juventude uma, em que os pais foram chamados. A maioria dos casos registrados foi relacionado à bebida alcoólica. Desses, nove ocorreram no sábado”, disse Arquilau. No ano passado, o Projeto Cidadão realizou 710 casamentos, a confecção de 1,4 mil identidades e 1,4 CPFs. Documentos necessários para o casamento Certidão de nascimento CPF Identidade (maior de 18 anos) Fonte: Jornal A Tribuna

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 26/07/2005