Caravana da Cidadania começa atendimento em Manoel Urbano

A Caravana da Cidadania, que vai levar as ações do Projeto Cidadão pelo segundo ano consecutivo aos moradores da região do entorno da Br-364 no trecho de Sena Madureira a Cruzeiro do Sul começa hoje, em Manoel Urbano, o atendimento ao público. Os 28 integrantes da primeira etapa da caravana saíram ontem pela manhã de Rio Branco e devem permanecer na estrada até o dia 18, prestando serviços que vão da expedição de carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho, registro de nascimento e casamento, fotos 3 x 4, e ainda atendimento do Inss. O grupo é formado por servidores do Poder Judiciário, dos Correios, da Delegacia do Trabalho e do INSS. Eles vão de carro até Cruzeiro do Sul, prestando atendimento aos moradores ao longo da BR-364. As primeiras atividades serão realizadas sob a coordenação do Projeto Cidadão no município de Manoel Urbano hoje e amanhã. Nos dias 9 e 10, terça e quarta-feira os atendimentos serão feito no Centro de Florestania Miraflores, no km 58 no trecho entre Feijó e Manoel Urbano. E nos dias 11 e 12, quinta e Sexta-feira, o Projeto Cidadão atenderá em Feijó, na galeria da Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. De lá fará atendimentos em Cruzeiro do Sul nos dias 12, 13 e 14 e nos dias 17 e 18 no Rio Gregório, entre Cruzeiro do Sul e Tarauacá . O coordenador geral do Projeto Cidadão e corregedor geral da Justiça, desembargador Arquilau de Castro Melo fez questão de estar presente na saída do grupo, com quem conversou e explicou a importância do trabalho social por eles desenvolvido através do Tribunal de Justiça e os órgãos parceiros. “Este é o segundo ano da caravana, mas nós queremos fazer desta caravana uma rotina na vida dos moradores dessas regiões distantes do Estado, onde muitas pessoas só têm acesso às cidades durante o verão, por causa da estrada”, disse Melo. A abertura dos trabalhos, hoje em Manoel Urbano, contará com a presença do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Samoel Evangelista que também aproveitará a reunião para conversar com servidores da justiça no município e para tratar da campanha do desarmamento com representantes da sociedade do município. Fonte: Assessoria de Imprensa do TJAC

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 05/08/2005