Candidato a deputado federal, Procurador questiona decisão do Conselho do MPE

O procurador de Justiça Willians João da Silva impetrou nesta quarta-feira, Mandado de Segurança no Tribunal de Justiça contra o Procurador Geral de Justiça Edmar Monteiro postulando que lhe seja garantido, como deputado federal nas eleições deste ano, o direito de manter os seus subsídios integrais no período em que estiver afastado do Ministério Público Estadual para ser candidato. O Procurador questiona decisão do Conselho Superior do Ministério Público do Estado que deferiu seu pedido de afastamento para ser candidato a deputado federal, mas determinou a suspensão do seu salário até que seu nome seja confirmado como candidato pelo partido pelo qual pleiteará a vaga de deputado federal, o que deve acontecer em junho, data das convenções partidárias de acordo com o calendário eleitoral vigente. No Mandado de Segurança, Willians João da Silva postula o que classifica como direito constitucional de garantir o pagamento do salário integral já a partir de seu afastamento, nesta sexta, dia 31. O processo foi distribuído por sorteio ao desembargador Ciro Facundo, que analisa a matéria

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 29/03/2006