Campanhas de proteção à criança e adolescente do TJAC inspiram aulas de Direito

Família Acolhedora, Projeto Padrinhos, Compartilhe Amor são programas desenvolvidos pela coordenadoria de Infância e Juventude.

A reflexão sobre a campanha de adoção “Compartilhe Amor. Adote!”, desenvolvida pelo Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC) foi tema de aprendizado em sala de aula para os alunos do oitavo período de Direito da Uninorte.

Indo de além de conhecer a letra da lei e os princípios estabelecidos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a professora Lúcia Ribeiro, responsável pela disciplina Direitos da Infância e da Adolescência, propôs uma nova perspectiva de compreensão da lei aplicada a realidade local.

Para isso apresentou a matéria jornalística “TJAC reforça divulgação de campanhas voltadas à proteção de crianças e adolescentes”, que divulgava programas desenvolvidos pela Coordenadoria da Infância e Juventude. “Queremos mostrar que a campanha plantou uma semente que chegou à comunidade acadêmica, onde muitos desconheciam essas ações, que possuem grande relevância social”, apontou a docente.

O conteúdo gerou duas produções de vídeo pelas acadêmicas Anna Hillary, Anaira Torres, Larissa Castro e Sabrina Ferreira. O material foi exibido nesta manhã à coordenadora da Infância e Juventude, desembargadora Regina Ferrari, que as recebeu em seu gabinete. “Fiquei inspirada com a campanha de adoção, que era Compartilhe Amor, então além de explicar os procedimentos e colocar os artigos, coloquei no meu vídeo tem como trilha sonora uma música que diz ‘você nunca perde por amar’”, apresentou Anna Hillary.

O conhecimento de cada uma dessas campanhas beneficia diretamente crianças e adolescentes que estão em situação de vulnerabilidade e precisam de ajuda. Missão que a coordenadoria irá reforçar com a realização do seminário “Pacto Nacional pela 1ª Infância no Estado do Acre Desafios e Possibilidades”, no próximo dia 20. Ao fazer o convite do seminário para o grupo, a desembargadora disse que irá apresentar os vídeos na atividade.

“Somos todos uma Rede de Proteção à Infância e Juventude. Nossas ações chegam a vítimas de diferentes formas de violência, que precisam da Justiça, mas também da solidariedade. Fico feliz em ver nossa mobilização se multiplicando e gerando bons frutos”, afirmou Ferrari.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,