Câmara Criminal mantém condenação e aumenta pena de réu por feminicídio

Crime ocorreu em junho de 2018, no distrito de Vila Campinas, município de Plácido de Castro-AC e teve grande repercussão na sociedade acreana.

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ace (TJAC) manteve a condenação de um homem pelo crime de feminicídio, em sessão realizada na terça-feira, 9. Além disso, o Colegiado aumentou a pena do réu, antes fixada em 14 anos e sete meses de reclusão, em regime inicialmente fechado, para 21 anos e dez meses e quinze dias de reclusão.

O crime, que ocorreu em junho de 2018, no distrito de Vila Campinas, município de Plácido de Castro-AC, teve grande repercussão na sociedade acreana. Segundo os autos, a vítima Jucicleia Miranda Rodrigues foi morta a golpes de arma branca, após uma discussão com o companheiro e, ao tentar fugir, foi degolada.

Condenado na instância de primeiro grau, a defesa do réu recorreu da sentença à Câmara Criminal, que negou o provimento ao recurso interposto e deu provimento ao recurso do Ministério Público Estadual, fixando a pena do apelado em 21 anos e dez meses e quinze dias de reclusão.

O julgamento pelo aumento da pena foi unânime pelos membros que compõem a Câmara Criminal. O relator da Apelação foi o desembargador Samoel Evangelista.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,