Câmara Criminal julgou 1,7 mil processos em 2011

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Acre divulgou nesta semana  o balanço sobre as atividades de 2011: foram julgados mais de 1.700 processos dos 1.995 que haviam sido distribuídos. Dessa forma, foi alcançado um total de 90% de julgamento do montante que ingressou neste ano.

Presidente do Órgão Julgador, o Desembargador Pedro Ranzi ressaltou a importância de chegar ao fim do ano com esse saldo positivo. “Esse feito alcançado demonstra o compromisso do Poder Judiciário com os jurisdicionados, ao propiciar celeridade no julgamento dos feitos de competência da Câmara Criminal”, disse.

No decorrer do ano, o Órgão Julgador teve sua composição alterada, em virtude do gozo de férias regulamentares dos desembargadores Feliciano Vasconcelos e Francisco Praça. Nesse período, os juízes de Direito substitutos de 2º Grau, Francisco Djalma e Leandro Gross, titulares da 1ª Vara Criminal e da 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco, respectivamente, substituíram os desembargadores afastados.

Também compuseram o quorum da Câmara Criminal os desembargadores Eva Evangelista, Arquilau Melo, Samoel Evangelista e Roberto Barros. Ao longo do ano, Arquilau Melo finalizou o julgamento de processos residuais dos quais figurava como relator em exercícios anteriores.

A Câmara Criminal é presidida pelo Desembargador Pedro Ranzi, tendo como membros os desembargadores Francisco Praça e Feliciano Vasconcelos.

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 27/12/2011