Boletim Justiça Volante: dados revelam redução de 14,3% no número de ocorrências no primeiro semestre do ano

Desde quando o serviço da Justiça Volante foi instalado, já foram contabilizados 37.539 atendimentos.

A Justiça Volante, núcleo do Centro de Solução de Conflitos e Cidadania dos Juizados Especiais (Cejus-JEC) da Comarca de Rio Branco, divulgou nesta semana o Boletim Estatístico das atividades registradas durante o mês de junho de 2015.

No sexto mês do ano, foram realizados 219 atendimentos, o que demonstra uma redução de 4,4% no número de ocorrências, em relação ao mesmo período do ano anterior.

No semestre, os números também apontaram para uma queda no total de atendimentos. De janeiro a junho deste ano, foram registradas 1.239 ocorrências, o que representa uma redução de 14,3 % no número de atendimentos, em relação ao mesmo período de 2014, quando foram contabilizados 1.445 registros.

Segundo a Coordenação de Atendimento Móvel de Perícia (Amope – Cejus), até o último mês de junho também já haviam sido realizados 494 acordos nos próprios locais de acidente e agendadas 393 audiências de conciliação. Nas duas situações são apresentados oficialmente às partes os laudos conclusivos acerca dos motivos que concorreram para o acidente.

Desde o início dos registros, em 1995, quando o serviço da Justiça Volante foi instalado, já foram contabilizados 37.539 atendimentos.

Entenda a Justiça Volante

A Justiça Volante é um projeto desenvolvido desde 1995 pelo Tribunal de Justiça do Acre. Atualmente, o núcleo está inserido no Centro de Solução de Conflitos e Cidadania dos Juizados Especiais da Comarca de Rio Branco.

Quando a Justiça Volante é acionada, suas viaturas se dirigem até o local do acidente, propiciando às partes envolvidas o ressarcimento dos danos materiais de forma rápida, eficaz e segura.

Ao todo, quatro equipes técnicas se revezam no atendimento das ocorrências. O serviço é gratuito e está disponível ao cidadão durante todos os dias da semana, no horário das 7 às 22 horas.

Em caso de acidentes que não envolvam veículos oficiais da União, patrimônio público ou vítimas, o cidadão deve ligar para os seguintes telefones:

ATENDIMENTO DA JUSTIÇA VOLANTE

190 ou (68) 9985.2750

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Publicado em 03/07/2015