Banca examinadora realiza sessão pública para identificar candidatos para prova discursiva

A Comissão Examinadora do concurso para ingresso na magistratura, divulgará a lista dos aprovados nesta prova da 2ª fase por meio de edital.

Na sala da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), a banca examinadora do concurso público de provas e títulos para ingresso na magistratura acreana realizou sessão pública, nesta segunda-feira, 2, identificando os candidatos que fizeram a prova discursiva, composta por uma dissertação e quatro questões, da segunda etapa do certame.

Estavam presentes na sessão o desembargador-presidente do TJAC, Francisco Djalma, os desembargadores Pedro Ranzi e Elcio Mendes, o representante da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC), advogado Hilario de Castro, o representante da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp), Hamilton Heck, além de servidores do Judiciário e candidatos do concurso.

Na ocasião, foram abertos os envelopes contendo os canhotos dos candidatos que realizaram essa prova discursiva, formada pela dissertação e quatro questões. Todos os presentes puderam testemunhar a abertura dos envelopes e a identificação eletrônica dos canhotos.

Ao abrir a sessão pública, o desembargador Francisco Djalma destacou o cumprimento dos prazos e a transparência do ato. “Estamos acompanhando todos os passos do concurso e isso garante a transparência e lisura do processo”, ressaltou o presidente do TJAC.

A Comissão Examinadora divulgará a lista dos aprovados nesta prova da 2ª fase oportunamente por meio de edital. Em seguida, será dado vista a este caderno de provas para os candidatos, que terão o prazo para interposição e análise dos recursos. Em seguida será feita uma nova sessão pública para identificar os candidatos na prova discursiva de prática de sentença.

“Hoje tivemos a identificação da prova discursiva e das questões, os candidatos aprovados terão as sentenças corrigidas posteriormente. Entre esse período da sessão pública até a próxima etapa, eles terão a vista de provas, após a divulgação das notas, pois eles têm direito de ver a prova deles corrigidas juntamente com uma grade de correção, depois o prazo para recurso e, então, virá a identificação das sentenças”, explicou Hamilton Heck.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:

Fonte: GECOM Atualizado em 02/09/2019