Aulas do MBA em Gestão do Poder Judiciário começam dia 12 de maio

Já está confirmado para o dia 12 de maio o início das aulas do MBA em Gestão do Poder Judiciário, uma realização do Tribunal de Justiça do Acre em parceria com a Escola Superior da Magistratura do Estado do Acre (Esmac). O MBA em Gestão do Poder Judiciário é uma das grandes conquistas da magistratura acreana na administração do presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargador Samoel Martins Evangelista, e será realizado através da Escola de Direito do Rio da Fundação Getúlio Vargas (FGV), uma das mais renomadas escolas do país, com excelência na área de pós-graduação. O primeiro módulo será na área de macroeconomia, com aulas ministradas pelo professor Antônio Carlos Porto, que já disponibilizou a bibliografia recomendada e que está á disposição dos magistrados, a partir desta quarta-feira (12/04) no site do TJ (www.tj.ac.gov.br), assim como a planilha com as datas de cada módulo a ser realizado até dezembro deste ano. Porto é Diretor executivo de cursos corporativos do IDE/FGV, professor titular da Escola de Direito do Rio de Janeiro(FGV), da escola de pós-graduação em Economia da Fundação Getúlio Vargas (EPGE/FGV), da Universidade Federal Fluminense (UFF) e tem Phd em Economia pela Universidade de Chicago. Voltado para magistrados, segundo Samoel Evangelista, o curso tem como objetivo atender à Emenda Constitucional nº 45, que determina a realização de cursos de especialização em administração judiciária e define a participação neste tipo de evento como critério para promoção e remoção de magistrados de todo o país. O desembargador Samoel Evangelista, ele mesmo um dos alunos do curso, destaca que o investimento que está sendo feito pela administração do Poder Judiciário acreano na capacitação de seus magistrados, busca valorizar a magistratura e a sociedade, capacitando os juízes e desembargadores para prestar melhor jurisdição, racionalizar a utilização dos meios administrativos e criar mecanismos de atualização dos magistrados acreanos. “A proposta é oferecermos qualificação para a carreira do magistrado através do MBA em Gestão do Poder Judiciário. Vamos dar oportunidade de o magistrado freqüentar um curso de pós-graduação e qualificá-lo melhor para a gestão judiciária”, destaca o presidente do TJ-Acre.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 12/04/2006