Atual gestão do TJAC investe na valorização salarial e qualidade de vida dos servidores

Diversas ações, projetos e programas desenvolvidos neste Biênio 2015/2017 são voltados à priorização dos profissionais.

A atual gestão do Tribunal de Justiça do Acre tem investido nos servidores do Judiciário Estadual, tratados com prioridade desde o início do Biênio 2015/2017. A meta defendida pela desembargadora-presidente Cezarinete Angelim resultou na implementação de uma série de iniciativas, cujos impactos podem ser analisados positivamente, tanto na esfera salarial quanto na qualidade de vida.

Um balanço preliminar das ações desenvolvidas nos últimos dois anos revela indicadores significativos, nunca alcançados antes. No campo financeiro, o acréscimo salarial para o servidor chega a 26,90%.

O cálculo leva em consideração os 14,15% das vantagens decorrentes dos benefícios auxílio-saúde e auxílio-alimentação; 9,75% resultante da implantação das parcelas do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR); e 3% da progressão funcional ocorrida em fevereiro deste ano de 2016 (mudança de “letra”, classe).

No tocante ao auxilio-saúde, por exemplo, o ganho real por parte do servidor foi de 100%, saltando de R$ 200 para R$ 400. Vale destacar que foi na atual gestão que ocorreu a implantação do inédito auxilio-alimentação, no valor de R$ 400, numa clara demonstração do compromisso da Presidência com o servidor.

As ações no campo social não se esgotam por ai. Em breve será inaugurada a Academia do Servidor, destinada à melhoria na qualidade de vida daqueles que integram o Judiciário Acreano. Não menos importante, haverá a Creche do Servidor, projeto já em fase de execução, que trará mais tranquilidade aos profissionais que poderão trabalhar na certeza de que os filhos estão seguros e bem cuidados.

Como forma de reconhecer e valorizar ainda mais os servidores do Judiciário Estadual, o Tribunal de Justiça do Acre instituiu a Gratificação por Alcance de Resultados (GAR). O benefício atinge a todos os servidores ativos, excluindo, porém, aposentados e pensionistas. A GAR foi aprovada pelos membros integrantes do Conselho de Justiça Estadual (Cojus) e foi paga de forma integral já no primeiro ano de gestão, com parcela também assegurada para o início de 2017.

O Plano de Gestão 2015/2017 implantou no âmbito do Judiciário Estadual o Programa Qualidade de Vida, por meio do qual são realizadas diversas atividades, ações e atendimentos, que priorizam o bem-estar e a saúde dos servidores.

Essa iniciativa, inovadora no âmbito do Poder Judiciário Acreano, é fruto da filosofia implantada pela desembargadora Cezarinete Angelim, tendo como uma das prioridades o aspecto ético da alteridade, do olhar o outro em sua integralidade, da solidariedade e da justiça fraterna.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Publicado em 11/10/2016