Apoio da bancada garante liberação de um milhão de reais para CIC de Rio Branco

O Tribunal de Justiça do Acre deve iniciar nas próximas semanas o processo licitatório para construção do Centro Integrado de Cidadania – CIC – de Rio Branco. Os recursos – R$ 1 milhão – para a obra, foram empenhados no dia 23 de dezembro e já estão disponíveis na conta do TJ. A liberação dos recursos, disponibilizados no Orçamento Geral da União –OGU – de 2004, é fruto do apoio dos parlamentares acreanos em Brasília e foi garantido através de emendas individuais de todos os senadores e deputados federais do Acre, a exceção de João Correia (PMDB), que destinou sua emenda para a implantação da Central de Penas Alternativas (Cepal) de Brasiléia, que também foi empenhada. Cada parlamentar apresentou uma emenda no valor de R$ 100 mil em negociação feita na discussão das emendas de bancada em 2004 pelo então vice-presidente do TJ e hoje presidente, desembargador Samoel Martins Evangelista. A liberação dos recursos é uma conquista importante da equipe do Tribunal de Justiça, que contou com o apoio do Senador Tião Viana (PT). Se não fossem liberados na última semana de 2005, o TJ perderia os recursos. O trabalho realizado pelo senador, garantiu o empenho e a liberação dos recursos, que começam a ser usados nos próximos meses. O presidente do TJ, desembargador Samoel Evangelista, informa que o CIC de Rio Branco vai funcionar em um prédio anexo ao Fórum Barão do Rio Branco e vai garantir mais um espaço de exercício de cidadania, promovendo a resolução de conflitos na capital.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 02/01/2006