80º Encontro do Colégio de Presidentes de TJ’s acontece em Porto Velho

Na sede do Tribunal de Justiça de Rondônia, em Porto Velho, foi aberto na noite de ontem, 9, o 80º Encontro do Colégio Permanente de Presidentes de Tribunais de Justiça do Brasil.

"Sediar esse encontro é o mais importante encargo para nós, em especial porque se reveste de alto significado para a comunidade jurídica e para a sociedade rondoniense", disse em seu discurso a Desembargadora Zelite Andrade Carneiro, Presidente do TJRO.

Durante a cerimônia foi apresentado um vídeo institucional sobre a evolução e o alcance do trabalho do Judiciário de Rondônia. Depois da entrada dos desembargadores, acompanhados das bandeiras de seus estados, a coordenação dos trabalhos foi passada ao Desembargador Marcos Faver, que preside a Comissão Executiva do Colégio de Presidentes.

O Desembargador, citando em seu discurso uma poesia de autoria da desembargadora Zelite Andrade, destacou o fato da realização desse importante evento para o Judiciário brasileiro ser realizado longe do "centro nervoso" do país. "Somos uma federação", disse o desembargador, que defendeu a interação e a troca de experiências entre os tribunais da Justiça Estadual brasileira.

Já o ministro Gilmar Mendes, que acumula as presidências do Supremo Tribunal Federal (STF) e a do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), conclamou os presidentes de tribunais para o cumprimento da Meta 2 do CNJ, que é julgar até o final deste ano todos os processos de 1º e 2º graus distribuídos até 31 de dezembro de 2005, aprovada no II Encontro Nacional do Judiciário.

Gilmar Mendes defende mais agilidade no Judiciário

Além dos Presidentes de Tribunais de 18 estados brasileiros, dentre eles o Desembargador Pedro Ranzi, Presidente do Tribunal de Justiça do Acre, prestigiaram a cerimônia o Governador do Estado, Ivo Cassol, o Deputado Estadual Amauri dos Santos, representando a Assembléia Legislativa do Estado.

O evento também contou com a presença da Juíza Maria Cesarineide de Souza Lima, Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região, o Procurador-Geral do Ministério Público do Estado, Ivanildo de Oliveira, o Procurador-Geral do Ministério Público Federal, Francisco Marinho, além de diversas outras autoridades civis e militares e diretores da Caixa Econômica Federal, patrocinadora do evento.

Nesta sexta-feira (10), as reuniões do colégio aconteceram na sede Associação dos Magistrados de Rondônia (Ameron) e à noite, os magistrados assistem à peça teatral "Bizarrus", encenada por egressos do Sistema Prisional de Rondônia, na sede do Sest-Senat.

Ministro é condecorado com o Colar do Mérito Judiciário

Durante a solenidade de abertura do 80º Encontro, realizada no Pleno do Tribunal de Justiça de Rondônia, foi concedido o Colar do Mérito Judiciário ao ministro Gilmar Mendes. A comenda é concedida a personalidades que tenham prestado relevantes serviços à República Federativa do Brasil, ao Estado ou ao Poder Judiciário do Estado de Rondônia.

"Dos grandes propósitos dos que acreditam e dos que trabalham pelo engrandecimento da Justiça no país é que nasce e se sustenta a força capaz de gerenciar os objetivos para os quais nos empenhamos", disse a Desembargadora Zelite Carneiro, que presidiu a cerimônia e é anfitriã do Encontro.

O Presidente do STF é natural de Diamantino, no Mato Grosso. Formou-se em Direito em 1978, na Universidade de Brasília. Mestre e Doutor em Direito de Estado, Gilmar Mendes é professor universitário e já exerceu importantes cargos na esfera Federal, como advogado geral da União, em 2002. Mesmo ano em que tomou posse como ministro do Supremo Tribunal Federal. Ele assumiu a Presidência da Corte em abril de 2008.

(Com informações da Assessoria de Comunicação Institucional do Tribunal de Justiça de Rondônia).

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 10/07/2009