2ª Vara da Infância e da Juventude lança Concurso de Redação sobre Campanha da Adoção

Tema deste ano será “Se não nasceu de mim, certamente nasceu para mim”, e inscrições seguem abertas até o dia 20 de maio.

Estão abertas até o dia 20 de maio as inscrições para o 2° Concurso de Redação sobre o tema “Se não nasceu de mim, certamente nasceu para mim”, voltado à Campanha sobre a Adoção para este ano de 2016. A iniciativa é promovida pelo Poder Judiciário Acreano através da 2ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de Rio Branco. A competição, que premiará os três primeiros colocados, é direcionada para todos os alunos que estejam regularmente matriculados no 3º ano do ensino médio das escolas públicas e privadas de Rio Branco.

O concurso também vai premiar os três professores dos alunos cujas redações forem selecionadas, e tem como objetivo principal despertar nos estudantes o interesse pelos temas relacionados à família, afetividade, cidadania, preconceito, cultura e sociedade, além de incentivar à reflexão e desmitificação acerca do tema adoção.

Tanto os professores orientadores como os alunos que ficarem nas três primeiras colocações receberão certificado de participação e reconhecimento, emitido pelo Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), além de tablet para os primeiros colocados, aparelho de MP4 para os segundos colocados e camiseta com a logomarca do concurso para os ganharem o terceiro lugar.

Para que o aluno possa concorrer é necessário que os professores trabalhem o tema, incentivando o debate, e organizem e supervisionem a confecção das redações, que deverão ser produzidas em sala de aula. O concurso almeja que as escolas desenvolvam estratégias de sensibilização e mobilização para debater o tema da adoção, por intermédio das atividades conduzidas no ambiente escolar ou fora dele, e assim fazer com que os alunos produzam redações sobre a temática. Depois que os alunos do 3° do ensino médio escreverem os textos, a escola realizará uma seleção interna e escolherá um dos trabalhos para poder inscrevê-lo no certame. De acordo com o edital não será aceita mais de uma inscrição por escola.

A inscrição só poderá ser feita pela escola, através do envio da Ficha de Participação, juntamente com a redação que foi selecionada, até o dia 20 de maio. Ressalta-se que na Ficha de Participação da escola deverá conter o plano de sensibilização e mobilização elaborado pelo professor que precisa seguir todas as etapas descritas no Edital do concurso, disponível no site do TJAC na sessão “processos seletivos” (www.tjac.jus.br/adm/processos-seletivos/).

O envio da ficha e da redação poderá ser através do email natvij@tjac.jus.br ou poderá ser entregue diretamente na secretaria da 2ª Vara da Infância e Juventude da Comarca da Capital, em envelope lacrado constando o nome da escola e a seguinte identificação “2º Concurso de Redação da 2ª Vara da Infância”.

A redação deverá ser redigida de próprio punho pelo aluno concorrente no Formulário de Redação, ser um texto dissertativo-argumentativo, com no mínimo 25 e no máximo 30 linhas e terá que preencher os seguintes pré-requisitos: ser realizado no ambiente de sala de aula; ser confeccionado no formulário padrão, disponível neste link; conter todas as informações solicitadas no formulário padrão; além de abordar o tema proposto.

Para mais informações é só entrar em contato com o Núcleo de Apoio Técnico às Varas da Infância e da Juventude pelos telefones 3211-5536 ou 9956-2627.

cartaz_adocao

 

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Publicado em 29/04/2016