1º Projeto Feijó reúne instituições e atende centenas de pessoas com ações de cidadania

Nova edição já está prevista para o final deste ano de 2017; iniciativa reflete esforço pela promoção da cidadania.

A rotina de atendimento aos jurisdicionados revelou uma grande necessidade de fortalecer a promoção de cidadania em Feijó. A Vara Criminal da referida Comarca se sensibilizou com a demanda e na última semana realizou o 1º Projeto Feijó.

Para promover o acesso a diversos serviços, o juiz de Direito Alex Oivane, titular da unidade judiciária, formou parcerias. “O projeto foi gestado com o firme objetivo de atender os maiores anseios e necessidades da população”, disse.

As atividades ocorreram no Centro de Educação Profissional (Cedup). Segundo o relatório da Comarca, foram realizados 82 atendimentos pela delegacia, cinco pelo Ministério Público e outros 23 encaminhamentos, mais 39 encaminhamentos da assistência social.

A atenção à saúde foi marcada por 268 consultas médicas, 11 procedimentos de exame preventivo do câncer do colo do útero, 548 testes rápidos, 92 aplicações de vacinas aplicadas e dez atendimentos com psicóloga, que foi disponibilizado pela unidade hospitalar local.

A Secretaria Municipal de Assistência Social realizou atualização cadastral do programa Bolsa Família. A associação de Parentes e Amigos de Dependentes Químicos (Apadeq) de Cruzeiro do Sul ministrou capacitação para docentes sobre a prevenção ao uso de drogas e violência escolar.

Na área jurídica, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) realizou 20 atendimentos e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), 11 consultorias. Mas, o destaque foi o casamento comunitário que uniu 59 casais.

Com o sucesso do projeto piloto, o titular da unidade jurídica planeja novas ações. As próximas atividades serão palestras sobre doenças transmissíveis, violência no lar, resistência às drogas e execução do projeto Cidadania e Justiça na Escola. “No fim do ano, pretendemos realizar mais uma edição do Projeto Feijó, fechando as ações sociais do exercício de 2017”, concluiu.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Publicado em 23/05/2017