1ª Vara do Tribunal do Júri de Rio Branco divulga balanço de 2011

A 1ª Vara Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco divulgou a estatística dos julgamentos do ano de 2011.

Presidida pelo Juiz Leandro Gross, a unidade judiciária realizou 107 julgamentos entre 28 de fevereiro e 16 de dezembro. 131 réus foram julgados pelo Júri, sendo que 97 foram condenados e 34 absolvidos. As soma das penas totaliza 859 anos de prisão.

Também neste ano de 2011 houve a maior pena já aplicada no Tribunal do Júri da Capital. Em sessão presidida por Leandro Gross no mês de março, o réu Gleisson da Silva Andriola (processo nº 0018111-79.2010.8.01.0001) foi condenado a 50 anos de reclusão em regime fechado.

Ele foi acusado pelos crimes de roubo qualificado (emprego de arma de fogo); tentativa de homicídio contra Kender da Conceição Alves da Silva; cárcere privado e homicídio qualificado contra Ana Eunice Moreira Lima.

Atuação dos juízes

Outros juízes contribuíram para o bom andamento dos trabalhos na unidade. Manoel Pedroga conduziu 24 sessões; Alesson Braz, 17; Louise Kristina esteve à frente de 5; Erik Farhat, de 4 e Gilberto Matos, também de 4.

Violência

Os dados divulgados pela 1ª Vara do Tribunal de Júri também demonstram que nas últimas duas décadas houve aumento da violência na Capital acreana. Para se ter uma idéia, em 1991 foram realizados apenas 62 julgamentos. Em 2008, o número subiu para 113. Já em 2009, foram 133; em 2010, 178 e em 2011, 107. Ou seja, uma média de 110 sessões do Júri por ano.

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 29/12/2011