1ª Corrida pela Vida celebra a campanha Novembro Azul no âmbito da Justiça Acreana

A competição acontecerá na manhã deste sábado (21) e é patrocinada pela Asmac, Sinspjac e Supermercados Araújo, com apoio da Federação Acreana de Atletismo.

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), objetivando conscientizar os homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas, promove neste sábado (21), a partir das 7 horas, a 1ª Corrida pela Vida, no âmbito do Judiciário Acreano.

A competição é patrocinada pela Associação dos Magistrados do Acre (Asmac), Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sinspjac) e Rede de Supermercados Araújo, com apoio da Federação Acreana de Atletismo (FACAt).

A corrida terá participação de atletas não só do Acre, mas de outros estados, como o senhor Antônio Carlos, que tem mais de 60 anos, e veio do Estado do Paraná (Curitiba) especialmente para participar do evento.

A concentração para o evento esportivo terá início às 7h, na Sede Administrativa do Tribunal de Justiça, quando a equipe de fisioterapeutas do Programa Qualidade de Vida procederá com exercícios de alongamento para os atletas que participarão da corrida, que consiste em mais uma iniciativa do Poder Judiciário Acreano voltada à campanha Novembro Azul no âmbito da Justiça estadual.

A segurança da competição ficará a cargo dos órgãos parceiros competentes. Monitores farão a orientação dos participantes em todo o percurso da prova (cinco e 10 quilômetros). A largada acontecerá às 7h:30.

circuito_corrida

Apoio da Federação de Atletismo

“A Federação apoia integralmente essa ação do Tribunal de Justiça do Acre, pois é voltada à promoção da saúde. Temos um lado social importante em nosso trabalho, e somos uma Entidade sem fins lucrativos. Nosso objetivo é estimular as pessoas às práticas esportivas, mas com responsabilidade e os devidos cuidados. Essa campanha do Tribunal pelo Novembro Azul deve ser valorizada, pois visa à conscientização dos homens no combate ao câncer de próstata – tem, portanto, o nosso aval, declarou o vice-presidente da Federação Acreana de Atletismo (FACAt), João Jácome.

No ano 2014, a Federação Acreana de Atletismo (FACAt) regulamentou as “Diretrizes para obter o “Permit de Corrida de Rua do Acre”. Esse documento tem o objetivo de ordenar a promoção e realização das competições de Atletismo no contexto estadual, de maneira a padronizar “excelência às atividades executadas”.

Nesse sentido, toda e qualquer Instituição, seja de gênero público ou privado, deverá, antes de realizar competições de Corrida de Rua, solicitar autorização prévia da administradora do Atletismo no Acre.

O documento determina o padrão mínimo de logística para uma competição de Corrida de Rua. Não menos importante, estipula taxas e documentos que deverão ser emitidos antes de qualquer evento dessa natureza. A proposta visa mitigar problemas jurídicos relacionados à prática do Atletismo.

A FACAt é a única entidade de Direção do Atletismo no estado do Acre em todas as suas modalidades, incluindo pista e campo, corridas de rua, marcha atlética e corridas através do campo, em consonância com a Regra Internacional número 1 da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) e as Legislações Nacionais. Desse modo, no âmbito estadual, a Entidade de personalidade jurídica é também a representante oficial da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

Campanha de conscientização

O Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e aos homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas.

O câncer de próstata é o câncer mais frequente no sexo masculino, ficando atrás apenas do câncer de pele não menaloma. Estatísticas apontam que a cada seis homens, um é portador da doença. A estimativa é de que, em 2014, 69 mil novos casos sejam diagnosticados, ou seja, a descoberta de um caso a cada 7,6 minutos.

No intuito de conscientizar a população masculina sobre a doença, visando a diminuir a taxa de mortalidade, que ainda é alta, o Instituto Lado a Lado pela Vida e a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) desenvolvem o Novembro Azul, uma iniciativa que já faz parte do calendário nacional das campanhas de prevenção no Brasil. O objetivo é combater a doença e, principalmente, motivar a população masculina a fazer exames preventivos.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 20/11/2015