TJAC e Ifac promovem oficina na Casa Abrigo Dra. Maria Tapajós

Cursos, oficinas e palestras serão ofertados na área de arte, cultura e cidadania também na Casa de Acolhimento Sol Nascente, por meio de Termo de Cooperação assinado entre o Tribunal e a instituição de ensino

Um Termo de Cooperação Técnica assinado entre Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (IFAC), em agosto deste ano, possibilitou uma ação conjunta para a realização de cursos, oficinas e palestras na área de arte, cultura e cidadania. Na quarta-feira, 13, a primeira oficina de trabalhos manuais, especificamente da técnica de fuxico, foi iniciada na Casa Abrigo Dra. Maria Tapajós.

A aula inaugural com apresentação da coordenadora e da equipe de execução e interação ocorreu no período da tarde. O curso vai até o 16 de novembro, e no dia 17, será feita a certificação das participantes. A ação de extensão, pela Coordenação de Arte, Cultura e Cidadania intitulada Clube do Fuxico, está sendo desenvolvida no âmbito do Projeto Arte de Ser, criado para  atender adolescentes que se encontram em vulnerabilidade social.

Além da Casa Abrigo Dra. Maria Tapajós, o termo celebrado entre o TJAC, por meio da Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ), e Ifac, possibilitará as mesmas ações de cursos, palestras e oficinas, também na Casa de Acolhimento Sol Nascente.

A desembargadora Regina Ferrari comentou ser uma grande conquista a realização dessa primeira atividade, que é apenas o início da parceria. “É muito importante termos as parcerias institucionais e podermos levar iniciativas como essa as casas de acolhimento. Com apoio da presidente, a desembargadora Waldirene Cordeiro, pudemos dar mais esse passo junto ao Ifac, que tem sido um grande parceiro”, disse. 

A oficina está sendo ministrada pelo Clube do Fuxico. Segundo a instrutora, Marieta Buriti, as aulas funcionam como terapia ocupacional e uma forma de desenvolver a concentração, mas também a possibilidade de empreender futuramente.


“Entendo o quanto é importante para as jovens que se encontram no abrigo, desenvolver habilidades que possam futuramente lhes proporcionar uma fonte de renda, nosso desafio é que cada uma das participantes possa produzir uma peça ou mais e expor suas produções ao final do curso. Trago o desejo de um excelente curso e o abraço da reitora, professora Rosana Cavalcante, do pró-reitor de Extensão, professor Fábio Storch, e da diretora de Extensão e Articulação com a Sociedade, professora Luana Melo aos participantes”, ressaltou. 

Da parceria, são obrigações do TJAC selecionar e inscrever o público alvo das ações, fornecer o material necessário para o desenvolvimento das ações, disponibilizar espaço para oficinas e exposição dos trabalhos, acompanhar as ações desenvolvidas no âmbito do acordo de cooperação. Já o Ifac é responsável em ofertar os cursos, palestras e oficinas acompanhar as ações desenvolvidas no âmbito do acorde de cooperação e a certificação dos participantes.

 

Andréa Zílio | Comunicação TJAC