Corregedoria-Geral estabelece canais de diálogo para aprimoramento dos serviços jurisdicionais

Durante a manhã desta segunda-feira, o corregedor-geral da Justiça realizou conversas com instituições relacionadas à Justiça, com intuito de aperfeiçoar o trabalho correcional

Em seu primeiro dia de trabalho a frente da Corregedoria-Geral da Justiça (Coger), o desembargador Élcio Mendes realizou nesta segunda-feira, 8, reuniões de trabalho tanto com instituições do Sistema de Justiça, quanto com magistrados. Os objetivos dos encontros foram estabelecer canais de diálogo e alinhar fluxos de atuação, visando o aprimoramento dos serviços jurisdicionais.

Para o corregedor-geral da Justiça, o diálogo interinstitucional beneficia a sociedade. “Dentro da instituição temos um tripé, o Judiciário, o Ministério Público e a advocacia, isto é previsto na Constituição e o diálogo institucional é de extrema importância justamente na troca de experiência e construção de um Judiciário cada vez melhor, fortalecendo e ampliando os canais de comunicação entre as instituições e órgãos relacionados ao Sistema de Justiça”, comentou o magistrado.

Na reunião do corregedor com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC), Érick Venâncio, foi estabelecido que a Coger realizará encontros mensais com a associação.

O presidente da OAB/AC Érick Venâncio parabenizou a atitude da Coger, que visa ampliar a promoção de Justiça por meio da união de esforços entre as os órgãos. “Esse bom relacionamento, essa troca de ideias, interlocução e tentativa de ajudar a construir soluções em um ambiente tão difícil, de problemas e demandas crescentes é muito importante para a atividade fim do Poder Judiciário e da advocacia que é a promoção da Justiça. Nós da OAB ficamos muito felizes com a inciativa da Corregedoria-Geral da Justiça”, explicou o presidente da OAB/AC.

O desembargador conversou também, por videoconferência, com a corregedora-geral da Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC), Fenísia Mota, e o defensor Dión Nóbrega e com o secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, coronel Paulo César. Além disso, o corregedor reuniu com juízes titulares das quatro unidades judiciárias da capital que são as primeiras a trabalhar com o Juízo 100% Digital: Zenice Cardoso da 1ª Vara Cível, Thaís Khalil da 2ª Vara Cível, Olívia Ribeiro da 5ª Vara Cível e Marcelo Coelho da 4ª Vara Cível.

 

Postado em: COGER, Galeria, Notícias | Tags:,

Fonte: Atualizado em 08/02/2021